Aprenda a decorar e tornar a varanda ainda mais aconchegante

  • Já varanda do decorado do Reserva Parque Areião é longa e possui vista para o parque que dá nome ao empreendimento da Brasal Incorporações - Elton Rocha
  • Varanda do decorado do Reserva Newest foi totalmente integrada à sala pela arquiteta Anna Paula Melo - Marcus Camargo
  • Varanda do decorado de 119 m² do Moove Home Brasal é espaçosa, com mesa de seis lugares, pia, churrasqueira e armários - Marcus Camargo
  • No decorado de 69 m² do Moove Home Brasal vasos grandes com plantas garantem o aconchego - Marcus Camargo

Com isolamento social pessoas passaram a valorizar mais este espaço. Arquiteto ressalta como destacar o ambiente

A pandemia do novo coronavírus colocou a população em confinamento residencial e com isso as varandas se tornaram a conexão entre o lar e o mundo externo. O ambiente que já chamava a atenção de muitas pessoas, se transformou numa das áreas mais frequentadas pelos moradores. É o espaço em que se pode ver a cidade lá fora, enquanto se cumpre o isolamento social, proporcionando a impressão de estar ao ar livre e não trancado dentro de casa. Segundo levantamento do portal Imovelweb, a procura por imóveis com varanda cresceu 128% em maio deste ano, em relação a maio de 2019.  

A presença da luz natural neste espaço é também fundamental para sua valorização. O ambiente agora ganha status de refúgio e canto preferido, por isso os novos projetos residenciais deverão investir ainda mais neste local, tanto em sua adaptação quanto na proposta de decoração para valorizá-lo ainda mais. Um exemplo é o mais recente lançamento da Brasal Incorporações em Goiânia, o Moove Home Brasal, que apresenta diversas opções de plantas com destaque para as varandas.  

Em um dos apartamentos decorados, o de 119 m², é possível notar que a importância da varanda foi ressaltada. Projetada pelo arquiteto e designer de interiores William Hanna, o local possui ampla mesa em madeira com seis lugares, além de bancada com pia e churrasqueira, armários e mais duas cadeiras com uma pequena mesa completam o ambiente, que se torna acolhedor e aconchegante para momentos de descanso, reflexão e até interação com a família.  

“A varanda é importante para o convívio familiar, é um local de descanso da casa e antes da pandemia as pessoas já começavam a ver a importância desse lugar, o que agora só cresceu. A ideia desta varanda é receber bem, pois tem todo um apoio com televisão, churrasqueira, pia e o mobiliário escolhido foi para trazer bem-estar no apartamento”, afirma o arquiteto. Ele explica que os elementos usados já não são mais somente decorativos, ele propõe investir na usabilidade. “Há um tempo muitas coisas na residência eram de enfeite. Mas eu quis fazer a casa usável. Os decorados do Moove Home Brasal mostram isso, que é possível usar todos os espaços”, salienta o designer de interiores. 

Mesmo nos apartamentos com varandas menores ainda é possível criar um ambiente diferenciado, como no caso do decorado de 69 m² do Moove Home Brasal. Nele que dispõe de um pequeno espaço avarandado, o arquiteto buscou ressaltar a possibilidade de integrar a natureza ao lar, investindo em grandes vasos com a planta ficus lyrata, comumente conhecida como figo de folhas de violino. “Quis mostrar que o verde pode sempre estar presente, além de dar mais vida e característica de casa mesmo. Trazer leveza e aconchego para o morador perceber que pode ter de tudo dentro de casa”, salienta William Hanna, que ainda utilizou a madeira em vários pontos da residência, um elemento natural e que é contemporâneo e traz acolhimento aos ambientes. 

Integradas

Em outros espaços da Brasal Incorporações as varandas foram integradas à sala de estar, para ampliar o ambiente. O decorado do Reserva Newest, no Setor Oeste, foi montado em uma unidade de 221 m² pela arquiteta Anna Paula Melo e integrou a sala com a varanda que possui churrasqueira gourmet com bancada e mesa para refeições. Deixando o local maior e com possibilidade para receber mais pessoas, sem separação física entre elas. 

Também projetado por Anna Paula, o decorado de 244 m² de outra unidade da linha Reserva, o Reserva Parque Areião, no Setor Marista, traz amplitude, pois ao entrar na sala integrada com a varanda e também a cozinha, o impacto visual da vista do parque que dá nome ao empreendimento é grande e o coloca próximo ao morador. “Projetei um apartamento que pudesse refletir o Parque Areião. É uma casa realmente voltada para a natureza. E isso traz para o apartamento aconchego. A pessoa entra e quer ficar”, explica.

Comunicação Sem Fronteiras
Dayse Luan
(62) 3522-3163
dayse@comunicacaosemfronteiras.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s