Tecnologia fornece informações climáticas precisas para a irrigação

Utilizando o FieldNET com WaterTrend produtor saberá se há chuva prevista, e qual será a demanda hídrica das culturas nos próximos 7 dias facilitando assim o manejo dos pivôs nas lavouras

Os produtores brasileiros, principalmente os que cultivam milho e que estão iniciando ou já iniciaram o plantio da safra este ano, estão enfrentando grandes desafios. Um deles, é a forte estiagem que atinge o País. Diante do iminente risco até de desabastecimento de água em muitas regiões, os produtores não têm margem para errar e cometer desperdícios do tão valioso recurso, por isso é fundamental ter um eficiente manejo de irrigação. Para ajudar os agricultores nessa missão, o consagrado FieldNET by Lindsay passa a ter mais uma função o WaterTrend, que auxilia no manejo da irrigação, minimizando o risco de ter excesso ou falta de água nas lavouras.

O novo recurso não terá cobrança adicional nem requer mudança de assinatura. Com essa integração de tecnologias o produtor tem na mão a previsão do tempo dos 15 dias subsequentes, além disso, a função informa se há chuva prevista, e qual será a demanda hídrica da cultura nos próximos 7 dias de acordo com o seu estádio de crescimento.

Assim, o agricultor terá mais informações para realizar o seu manejo da irrigação. “Além das previsões, modelo de crescimento e evapotranspiração real da cultura, o irrigante poderá contar ainda com a inteligência do FieldNET para auxiliá-lo na melhor tomada de decisão”, destaca Gabriel Guarda, gestor ambiental, engenheiro agrônomo e analista de engenharia da Lindsay América do Sul.

WaterTrend é configurado de maneira muito simples pelo FieldNET, a partir do aplicativo disponível para smartphones. Basta inserir a cultura, data de plantio e seu ciclo. “No caso do milho, por exemplo, deve-se acrescentar a soma de graus-dia para a maturidade fisiológica. Com essas informações, a inteligência da ferramenta combinará automaticamente os dados com informações meteorológicas precisas. Em seguida, por meio de modelagem avançada, o sistema vai monitorar o crescimento da cultura e calcular o consumo e a demanda hídrica por meio de evapotranspiração prevista para a semana seguinte”, diz Guarda.

Diferenciais

De acordo com o analista de engenharia da Lindsay, hoje no mercado há algumas soluções que fornecem informações com base na evapotranspiração que é calculada com base nos dados climáticos de alguma cultura referência, que geralmente é uma gramínea. Já utilizando o FieldNET com WaterTrend o produtor tem a informação real da própria cultura.

Além disso, o novo recurso fornece muitos outros dados ao irrigante. “O produtor terá informação de temperatura, previsão de chuva, velocidade do vento, umidade relativa do ar, máxima e mínima, tudo isso no celular de forma muito simples de configuração e acesso às informações”, salienta o especialista.

Outro ponto importante é que ao longo da safra é possível alterar os dados de chuva com o real informado pelos pluviômetros dos painéis Zimmatic e Pivot Control by Lindsay e também pelo próprio aplicativo é possível fazer as correções nos estádios de crescimento da cultura. “Se o produtor observar que no campo a planta se encontra em um estádio diferente do mostrado no aplicativo ele consegue na própria ferramenta alterar esta informação para ter o dado de consumo hídrico mais preciso possível”, destaca Guarda.

Cuidados essenciais

Para os irrigantes terem todos esses benefícios em pleno funcionamento, é importante nunca descuidar da manutenção preventiva dos pivôs. Assim evita-se imprevistos e todas as funcionalidades dos softwares podem ser usufruídas ajudando na tomada de decisões.

Segundo o analista, neste período de início de plantio de milho é o momento ideal para realizar a manutenção preventiva dos equipamentos. “O pivô é formado por partes mecânicas, elétricas e hidráulicas e por isso é preciso um acompanhamento nas manutenções preventivas para no momento da irrigação não ter nenhuma falha. É recomendado checar, por exemplo, se tem algum aspersor entupido ou alguma mangueira furada que possa causar vazamentos. Com o conjunto funcionando corretamente, o produtor terá toda a eficiência do equipamento”, destaca.

Ainda segundo ele, outro fator importante desse planejamento é a economia que o produtor terá, pois, a manutenção preventiva, sai muito mais barata que a corretiva. “Com a ajuda das revendas Zimmatic, os nossos clientes encontram profissionais capacitados, as melhores condições e não correm o risco de falta ou atraso de reposição no meio da safra. Além disso, estar com a manutenção atrasada o produtor assume o risco de descobrir um problema no momento que mais precisa do equipamento o que pode comprometer sua produtividade e o planejamento do ano inteiro”, finaliza o especialista.

Sobre – A Lindsay América do Sul é subsidiária da americana Lindsay Corporation., e tem sua sede no Brasil, com escritório em Campinas (SP) e fábrica em Mogi Mirim (SP). A empresa produz uma linha completa de sistemas de irrigação, representada pelas marcas Zimmatic e FieldNET. Atuando na fabricação de pivôs centrais e laterais e também na distribuição de equipamentos agrícolas há mais de 55 anos, a Lindsay tem sistemas de irrigação em operação em mais de 90 países. http://www.lindsaybrazil.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s